Desenvolvimento de scaffolds bioativos do compósito polimetilmetacrilato e hidroxiapatita: análise in vitro

* Final gross prices may vary according to local VAT.

Get Access

Resumo

Este trabalho objetivou as investigações in vitro e em microscopia eletrônica de varredura (MEV) de um scaffold manufaturado com PMMA (Polimetilmetacrilato) e HAp (Hidroxiapatita). A carboximetilcelulose (CMC) foi utilizada na forma de gel como agente porogênico, a fim de torná-lo bio mimeticamente viável como substituto ósseo. Foram utilizadas para os ensaios in vitro células VERO, uma linhagem celular tipo fibroblastos. Foram realizados ensaios de citotoxicidade indireta e direta. Os resultados indicaram que as diferentes amostras de PMMA poroso com HAp e PMMA poroso não apresentaram toxicidade direta ou indireta. Através das imagens realizadas em MEV também se pode observar o crescimento de células na superfície do material e em direção aos poros da matriz. A análise macroestrutural dos poros das matrizes porosas também obtidas pela microscopia eletrônica de varredura (MEV) demonstrou em uma caracterização inicial do material que este apresentou características bio miméticas sendo eleito como substitutos ósseos. A média obtida do tamanho dos poros foi de aproximadamente 250µm.