Advertisement

Neohelicon

, Volume 4, Issue 1–2, pp 225–238 | Cite as

Resources for the study of Brazilian literature

  • Maria Luisa Nunes
Speculum
  • 30 Downloads

Keywords

Literary Problem York Public Library BRAZILIAN Literature Latin American Literary Liberal Empire 
These keywords were added by machine and not by the authors. This process is experimental and the keywords may be updated as the learning algorithm improves.

Preview

Unable to display preview. Download preview PDF.

Unable to display preview. Download preview PDF.

Bibliographies

  1. Blake, A. V. A. Sacramento.Dicionário Bibliográfico Brasileiro, 7 volumes. Rio de Janeiro: Tipografia Nacional, 1883–1902.Google Scholar
  2. Carpeaux, Otto Maria.Pequena Bibliografia Crítica da Literatura Brasileira, 2nd ed. Rio de Janeiro: Ministério da Educação e Cultura, 1955.Google Scholar

General histories of literature

  1. Amora, Antônio Soares.História da Literatura Brasileira, 3rd ed. São Paulo: Saraiva, 1960.Google Scholar
  2. Carvalho, Ronald de.Pequena História da Literatura Brasileira, 6th ed. Rio de Janeiro: Briguiet, 1937.Google Scholar
  3. Coutinho, Afrânio (organizer).A Literatura no Brasil, 5 volumes. Rio de Janeiro: Sul-Americana, 1968–1970.Google Scholar
  4. Idem..Introdução à Literatura Brasileira. Rio de Janeiro: Livraria São José, 1959.Google Scholar
  5. Lima, Alceu Amoroso.Introdução à Literatura Brasileira. Rio de Janeiro: Livraria Agir Editôra, 1956.Google Scholar
  6. Oliveira, José Osorio de.História Breve da Literatura Brasileira, 3rd ed. São Paulo: Martins, s/d.Google Scholar
  7. Pinheiro, J. C. Fernandes.Curso Elementar de Literatura Nacional. Rio de Janeiro: Garnier, 1862.Google Scholar
  8. Romero, Sílvio.História da Literatura Brasileira, 2nd ed., 2 volumes. Rio de Janeiro: Garnier, 1902–1903.Google Scholar
  9. Romero, Sílvio andRibeiro, João.História da Literatura Brasileira, 2nd ed. Rio de Janeiro: Alves, 1909.Google Scholar
  10. Sodré, Nelson Werneck.História da Literatura Brasileira, Seus fundamentos econômicos, 3rd ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1960.Google Scholar
  11. Veríssimo, José.História da Literatura Brasileira, 3rd ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1954.Google Scholar
  12. Wolf, Ferdinand.Le Bresil Littéraire. Berlin: Ascher, 1863.Google Scholar

Literary genres

  1. Bandeira, Manuel.Apresentação da Poesia Brasileira, 2nd ed. Rio de Janeiro: Casa do Estudante do Brasil, s/d.Google Scholar
  2. Castello, José Aderaldo.Aspectos do Romance Brasileiro. Rio de Janeiro: Ministerio da Educação e Cultura, 1961.Google Scholar
  3. Freitas, Bezerra de.Forma e Expressão no Romance Brasileiro. Rio de Janeiro: Pongetti, 1947.Google Scholar
  4. Grieco, Agripino.Evolução da Poesia Brasileira, 3rd ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1974.Google Scholar
  5. Idem..Evolução da Prosa Brasileira, 2nd ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1947.Google Scholar
  6. Holanda, Aurélio Buarque de (organizer).O Romance Brasileiro. Rio de Janeiro: Edições Cruzeiro, 1952.Google Scholar
  7. Lins, Edson.História e crítica da Poesia Brasileira. Rio de Janeiro: Ariel, 1937.Google Scholar
  8. Magaldi, Sábato.Panorama do Teatro Brasileiro. São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1962.Google Scholar
  9. Martins, Wilson.A Crítica Literária no Brasil. São Paulo: Departmento de Cultura, 1952.Google Scholar
  10. Montenegro, Olívio.O Romance Brasileiro, 2nd ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1953.Google Scholar
  11. Moraes Neto, Prudente.O Romance Brasileiro. Rio de Janeiro: Ministério das Relações Exteriores, 1939 (also in English translation).Google Scholar
  12. Paixão, Múcio da.O Teatro no Brasil. Rio de Janeiro: Brasília, 1936.Google Scholar
  13. Romero, Silvio.Evolução do Lirismo Brasileiro. Recife: Edelbrook, 1905.Google Scholar
  14. Sousa, J. Galante de.O Teatro no Brasil. Rio de Janeiro: Instituto Nacional do Livro, 1960, 2 tomes.Google Scholar

Criticism, a selective bibliography

  1. Alencar, Heron de. “José de Alencar e a ficção Romântica”,in Afrânio Coutinho, Coutinho, ed.A Literatura no Brasil, Vol. I, Tome 2. Rio de Janeiro: Sul-Americana, 1968–1970.Google Scholar
  2. Andrade, Mário de.Cartas a Manuel Bandeira. Rio de Janeiro: Simões Editôra, 1958, pp. 353.Google Scholar
  3. Idem..Obra Imatura. São Paulo: Livraria Martins Editôra, 1960, p. 300.Google Scholar
  4. Idem. Andrade, Mário de.Aspectos da Literatura Brasileira. São Paulo: Livraria Martins Editôra (essays from 1931–43), s/d, pp. 262.Google Scholar
  5. Camara, Jr., J. Mattoso.Ensaios Machadianos, Língua e Estilo. Rio de Janeiro: Livraria Acadêmica, pp. 173.Google Scholar
  6. Campos, Augusto de. “Um lance de ‘des’ do Grande Sertão”,Revista do Livro, (Separata) 16 (1959), 9–28.Google Scholar
  7. Campos, Augusto andHaroldo de Campos.Revisão de Sousândrade. São Paulo: Edicões Invenção, 1964, pp. 275.Google Scholar
  8. Campos, Haroldo de.A Arte no Horizonte do Provavel. São Paulo: Editôra Perspectiva, 1969.Google Scholar
  9. Idem.. “A Poesia concreta e a realidade nacional”,Tendência, 4 (1962), 83–94.Google Scholar
  10. Idem..Metalinguagem. Petropolis: Editora Vozes, 1967.Google Scholar
  11. Idem..Morfologia do Macunaima. São Paulo: Editora Perspectiva, 1973.Google Scholar
  1. Cândido, Antonio.Formação da literatura brasileira; momentos decisivos, 2nd ed. São Paulo: Editôra Martins, 1964.Google Scholar
  2. Idem..Literatura e sociedade, estudos e teoria e história literária. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1965.Google Scholar
  3. Idem..Tese e Antitese. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1964.Google Scholar
  4. Idem..Varios Escritos. São Paulo: Livraria Duas Cidades, 1970.Google Scholar
  5. Chamie, Mario.A Transgressão do Texto. São Paulo: Edição Praxis, 1972.Google Scholar
  6. Idem..Intertexto. São Paulo: Edição Praxis, 1970.Google Scholar
  7. Idem..Lavra, Lavra. São Paulo: Massao Ohno, Editôra, 1964, pp. 139.Google Scholar
  8. Idem.. “Literatura-Praxis”,Praxis, 1 (1962), 7–30.Google Scholar
  9. Idem..Palavra-Levantamento na Poesia de Cassiano Ricardo. Rio de Janeiro: São Jose, 1963, pp. 141.Google Scholar
  10. Idem.. “Matéria-Prima, Produção e Poema” (I), Praxis, 2 (1963), 33–39.Google Scholar
  11. Idem.. “Matéria-Prima, Produção e Poema” (conclusão),Praxis, 3 (1963), pp. 76.Google Scholar
  12. Coutinho, Afrânio.Conceito da Literatura Brasileira. Rio de Janeiro: Livraria Acadêmica, 1960, pp. 76.Google Scholar
  13. Idem..Correntes Cruzadas. Rio de Janeiro: Editôra a Noite, 1963, pp. 383.Google Scholar
  14. Idem..Da Crítica e da Nova Crítica. Rio de Janeiro: Editôra Civilização Brasileira, S. A., 1957, pp. 205.Google Scholar
  15. Idem.. “Do Barroco ao Rococó”,in A Literatura no Brasil, Vol. I, Tome I. Rio de Janeiro: Sul-Americana, 1968–1970.Google Scholar
  16. Cunha, Fausto. “Aproximacões estéticas do onírico”,Ensaio, I, 1 (1950), 10–31.Google Scholar
  17. Idem.. “Castro Alves”,in Afrânio Coutinho, ed.,A literatura no Brasil, Vol. I, Tome 2. Rio de Janeiro: Sul-Americana, 1968–1970.Google Scholar
  18. Idem.. “Recursos acumulativos em Coelho Neto”,Revista do Livro, 21–22 (1961), 75–81.Google Scholar
  19. Damasceno, Darcy. “Afetividade linguistica nas Memórias de um Sargento de Milícias”,Revista Brasileira de Filologia (Separata), Vol. I, Tome 2 (1956), pp. 155–75.Google Scholar
  20. Idem.. “Do cromatismo na poesia de Cecília Meireles”,Ensaio, I, 3 (1953), pp. 162–201.Google Scholar
  21. Faustino, Mario.Poesia de Mario Faustino, introdução de Benedito Nunes. Rio de Janeiro: Civilização Brasiliera, 1966.Google Scholar
  22. Galvão, Walnice.As Formas do Falso. São Paulo: Editôra Perspectiva, 1972.Google Scholar
  23. García, Othon Moacyr.Cobra Norato, O Poema e o Mito. Rio de Janeiro: Livraria São José, 1962, pp. 71.Google Scholar
  24. Idem..Esfinge Clara, Palavra-puxa-palavra em Carlos Drummond de Andrade. Rio de Janeiro: Livraria São José, 1955, pp. 78.Google Scholar
  25. Idem..Luz e Fogo no Lirismo de Gonçalves Dias. Rio de Janeiro: Livraria São José, 1956, pp. 98.Google Scholar
  26. Houaiss, Antônio.Critíca Avulsa. Bahia: Pulicações de Universidade da Bahia, 1960, pp. 289.Google Scholar
  27. Lima, Alceu Amoroso. “A critíca literária no Brasil”,Decimalia. Rio de Janeiro: Ministério da Educação e Cultura, Biblioteca Nacional, 1959, pp. 22.Google Scholar
  28. Lima, Filho, Luiz Costa.Dinámica da Literatura Brasileira: Situação do seu, Escritor. Recife, 1961, pp. 118.Google Scholar
  29. Idem..Estruturalismo e Teoria da Literatura. Petropolis: Editora Vozes, Rio de Janeiro, 1973.Google Scholar
  30. Idem. Lima, Filho, Luiz Costa. “O Critério Regionalista em Literatura: Sua Justificação e Insuficiência”,Symposium, Revista da Universidade Católica de Pernambuco, No. 1 (1959).Google Scholar
  31. Idem. “O mundo em Perspectiva: Guimarães Rosa”,Tempo Brasileiro No 6 (1963), pp. 67–83.Google Scholar
  32. Idem. “Regionalismo”, in Afrânio Coutinho, ed.,A Literatura no Brasil, Vol. V. Rio de Janeiro: Editorial Sul Americana, S. A., 1970.Google Scholar
  33. Lucas, Fabio. “A poesia de nosso tempo”,Tendência, 4 (1962), pp. 55–75.Google Scholar
  34. Idem.. “Caminhos da consciência nacional”,Tendência, 3 (1960), pp. 7–20.Google Scholar
  35. Idem..Compromisso Literário. Rio de Janeiro: Livraria São José, 1964, pp. 180.Google Scholar
  36. Idem. Lucas, Fabio. “Do Estruturalismo à Nova Critíca”,Estado de São Paulo, 18 July 1970.Google Scholar
  37. Idem. Lucas, Fabio. “Estruturalismo e Critíca Literária”,Estado de São Paulo, 11 July, 1970.Google Scholar
  38. Idem..Fronteiras imaginárias, critíca. Rio de Janeiro: Editora Catedra, 1971.Google Scholar
  39. Idem..Horizontes da Critíca. Minas Gerais: Edições Movimento Perspectiva, 1965.Google Scholar
  40. Idem..O Caráter Social da Literatura Brasileira. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1970.Google Scholar
  41. Idem..Temas Literários e Juízos Críticos. Belo Horizonte: Edições Tendência, 1963, pp. 171.Google Scholar
  42. Marques, Oswaldino.A Seta e o Alvo. Rio de Janeiro: Ministerio da Educação e Cultura, Instituto Nacional do Livro, 1957, pp. 279.Google Scholar
  43. Idem..Laboratório Poético de Cassiano Ricardo, Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 1962, pp. 451.Google Scholar
  44. Medonça, Sergio. Poesia de Vanguarda no Brasil. Petropolis: Editora Vozes, Rio de Janeiro, 1970.Google Scholar
  45. Merquior, Jose Guilherme. “Criação e Crítica na Sociedade Racional”,Tempo Brasileiro, 2 (1962), 193–200.Google Scholar
  46. Idem..Astucia da Mimese. Rio de Janeiro: Livraria José Olympio, 1972.Google Scholar
  47. Idem.. “Idéias para o Uso Brasileiro da Crítica Contemporânea” (I),Praxis, 3 (1963), 21–30.Google Scholar
  48. Idem.. “Notas”,Praxis, 2 (1963), 7–12.Google Scholar
  49. Idem..Razào do Poema. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1965.Google Scholar
  50. Idem..Saudades do Carnaval ou Introdução a Crise da Cultura. Rio de Janeiro: Forense, 1972.Google Scholar
  51. Nunes, Benedito.O Dorso do Tigre; ensaios. São Paulo: Editora Perspectiva, 1969.Google Scholar
  52. Idem..O Mundo de Clarice Lispector. Amazonas: Edições Governo do Estado do Amazonas, 1966.Google Scholar
  53. Pignatari, Decio.Contra comunicação. São Paulo: Editôra Perspectiva, 1971.Google Scholar
  54. Idem..Informação, Linguagem, Comunicação. São Paulo: Editôra Perspectiva, 1970.Google Scholar
  55. Portella, Eduardo.Literatura e Realidade Nacional. Rio de Janeiro: Edições Tempo Brasileiro: 1963, pp. 108.Google Scholar
  56. Idem..Teoria da Comunicação Literária. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1970.Google Scholar
  57. Proença, Cavalcanti. “Arraiada de Mário”,Revista do Livro, 17 (1960), 25–30.Google Scholar
  58. Idem..Augusto dos Anjos e Outros Ensaios. Rio de Janeiro: José Olympio Editôra, 1959, pp. 241.Google Scholar
  59. Ricardo, Cassiano.Algumas Reflexões sobre poética de Vanguarda. Rio de Janeiro: José Olympio Editôra, 1964, pp. 99.Google Scholar
  60. Idem..22 e a Poesia de hoje. São Paulo: Edições “Invenção”, 1961, pp. 50.Google Scholar
  61. Riedel, Dirce Cortes.Aspectos da Imagística de Guimarães Rosa (thesis), 1962, pp. 155.Google Scholar
  62. Idem. Riedel, Dirce Cortes.O Mundo Sonoro de Guimarães Rosa (thesis), 1962, pp. 155.Google Scholar
  63. Idem..O Tempo no Romance Machadiano. Rio de Janeiro: Livraria São Jose, 1959, pp. 223.Google Scholar
  64. Santana, Affonso Romano.Drummond/O Gauché no Tempo. Rio de Janeiro: Lia editora em convenio com o Instituto Nacional do Livro, Mec, 1972.Google Scholar
  65. Idem..O Desemprego do poeta. Belo Horizonte: Estante Universitária, 1962.Google Scholar
  66. Schnaiderman, Boris. Pomorska, Krystyna.Formalismo e Futurismo, translated by Boris Schnaiderman and Augusto de Campos. São Paulo: Editôra Perspectiva, 1972.Google Scholar
  67. Idem.. Pomorska, Krystyna.Teoria da Literatura formalistas Russos, Prefácio de Boris Schnaiderman. Porto Alegre: Editora Globo, 1971.Google Scholar
  68. Schwarz, Roberto.A Sereia e o Desconfiado: ensaios criticos. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 1965.Google Scholar
  69. Silva, Péricles Eugenio Da. “A Renovação Parnasiana na Poesia”,in Afrânio Coutinho, ed.,A Literatura no Brasil, Vol. II. Rio de Janeiro: Sul-Americana, 1970.Google Scholar
  70. Xisto, Pedro.Giumarães Rosa em Tres dimensões por Pedro Xisto, Augusto de Campos e Haroldo de Campos. São Paulo: Conselho Estadual de Cultura, Comissão de Literatura, 1970.Google Scholar
  71. Zagury, Elaine.As Palavras e os Ecos. Rio de Janeiro: Editora Vozes, 1971.Google Scholar

Complete Works

  1. Machado de Assis, Joaquim Maria.Obra Completa. Organized by Afrânio Coutinho. 3 volumes. Rio de Janeiro: Editora José Aguilar. Ltda., 1962.Google Scholar
  2. Idem..Obras Completas. 31 volumes. Rio de Janeiro: W. M. Jackson, 1942.Google Scholar

Bibliography of Critical Works on Machado de Assis

  1. Amoroso Lima, Alceu.Tres Ensaios Sobre Machado de Assis. Belo Horizonte: Livraria Editora Paulo Bluhm, 1941.Google Scholar
  2. Barreto Filho, José.Introdução a Machado de Assis. Rio de Janeiro: Livraria Agir Editora, 1947.Google Scholar
  3. Belo, José Maria.Inteligência do Brasil. 3rd ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1938.Google Scholar
  4. Brandão, Octavio.O Niilista Machado de Assis. Rio de Janeiro: Organização Simões Editora, 1958.Google Scholar
  5. Caldwell, Helen.Machado de Assis: The Brazilian Master and His Novels. Berkeley, Los Angeles and London: University of California Press, 1970.Google Scholar
  6. Idem. The Brazilian Othello of Machado de Assis; a Study of Dom Casmurro. Berkeley: University of California Press, 1960.Google Scholar
  7. Cândido, Antonio. “Esquema de Machado de Assis”,Varios Escritos. São Paulo: Livraria Duas Cidades, 1970.Google Scholar
  8. Castello, José Aderaldo.Realidade e Ilusão em Machado de Assis. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1969.Google Scholar
  9. Correspondência de Machado de Assis com Magalhães de Azeredo. Ed. Carmelo Virgillo. Rio de Janeiro: Instituto Nacional do Livro, 1969.Google Scholar
  10. Coutinho, Afrânio.A Filosofia de Machado de Assis e Outros Ensaios. Rio de Janeiro: Livraria São Jose, 1959.Google Scholar
  11. Cunha Lima, José.Revisão de Machado de Assis. Rio de Janeiro: Editora Americana, 1973.Google Scholar
  12. Gomes, Eugenio.Machado de Assis. Rio de Janeiro: Livraria São José, 1958.Google Scholar
  13. Graça, Aranha, José Pereira da.Machado de Assis e Joaquim Nabuco. Comentários e Notas à Correspondência entre estes dois Escritores. 2nd ed. Rio de Janeiro: F. Briguiet & Cia., 1942.Google Scholar
  14. Grieco, Agrippino.Machado de Assis. 2nd ed. Rio de Janeiro: Conquista, 1960.Google Scholar
  15. Idem..Viagem Em Torno A Machado de Assis. São Paulo: Martins, 1969.Google Scholar
  16. Lopes, José Leme.A Psiquiatria de Machado de Assis. Rio de Janeiro: Livraria Agir Editora, 1974.Google Scholar
  17. Machado de Assis Son œuvre Littéraire. Paris: Librairie Garnier Frères, 1917 (introduction by Anatole France and speech by Oliveira Lima).Google Scholar
  18. Magalhães, Jr., Raymundo.Ao Redor de Machado de Assis. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, S. A., 1958.Google Scholar
  19. Idem..Machado de Assis Desconhecido. 3rd ed. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, S. A., 1957.Google Scholar
  20. Massa, Jean Michel.Bibliographie Descriptive, Analytique et Critique de Machado de Assis, 1957–1958. Rio de Janeiro: Livraria São Jose, 1965.Google Scholar
  21. Mattoso Camara, Jr., J. Ensaios Machadianos. Rio de Janeiro: Livraria Acadêmica, 1962.Google Scholar
  22. Maya, Alcides.Machado de Assis (Algumas Notas Sobre o “Humour”). 2nd ed. Rio de Janeiro: Publicações da Academia Brasileira, 1942.Google Scholar
  23. Meyer, Augusto.Machado de Assis 1935–1958. Rio de Janeiro: Livraria São Jose, 1958.Google Scholar
  24. Monteiro, Ivan C. andEstrella, Hairton M. Metalinguagem em Quincas Borba de Machado de Assis. Rio de Janeiro: Livraria Acadêmica, 1973.Google Scholar
  25. Montello, Josué.O Presidente Machade de Assis. São Paulo: Livraria Martins Editora, 1961.Google Scholar
  26. Pereira, Astrojildo.Machado de Assis. Rio de Janeiro: Livraria São José, 1959.Google Scholar
  27. Pereira, Lucia Miguel.Machado de Assis Estudo Crítico e Biográfico. 5th ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1955.Google Scholar
  28. Pontes, Eloy.A Vida Contraditória de Machado de Assis. Rio de Janeiro: Livraria José Olympio Editora, 1939.Google Scholar
  29. Pujol, Alfredo.Machado de Assis. 2nd ed. Rio de Janeiro: Livraria José Olympio Editora, 1934.Google Scholar
  30. Romero, Silvio.Machado de Assis. 2nd. ed. Rio de Janeiro: Livraria José Olympio Editora, 1936.Google Scholar
  31. Sousa, J. Galante de.Bibliografia de Machado de Assis. Rio de Janeiro: Instituto Nacional do Livro, 1955.Google Scholar
  32. Idem..Fontes Para O Estudo de Machado de Assis. 2nd ed. Rio de Janeiro: Instituto Nacional do Livro (to 1968).Google Scholar
  33. Viana, Luis.A Vida de Machado de Assis. Sao Paulo: Livraria Martins Editora, 1965.Google Scholar

Afro-brazilian bibliography

  1. Bastide, Roger.Le Candomblé de Bahia (rite nagô). Paris: Mouton, 1958.Google Scholar
  2. Idem..Les Religions Africaines au Brésil. Paris: Presses Universitaires, 1960.Google Scholar
  3. Idem. and Fernandes, Florestan.Brancos e Negros em São Paulo. 2nd ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1959.Google Scholar
  4. Carneiro, Edison.Antologia do Negro Brasileiro. Rio de Janeiro: Tecnoprint Grafica, 1967.Google Scholar
  5. Idem..Candomblés da Bahia. 3rd ed. Rio de Janeiro: Conquista, 1961.Google Scholar
  6. Degler, Carl.Neither Black nor White: Slavery and Race Relations in Brazil and the United States. New York: MacMillan, 1971.Google Scholar
  7. Fernandes, Florestan.A Integração do Negro na Sociedade de Classes. São Paulo: Universidade de São Paulo Dominus Editora, 1965.Google Scholar
  8. Freyre, Gilberto.Casa Grande & Senzala; formação da família brasileira sob o regimen de economia patriarchal. 3rd ed. Rio de Janeiro: Schmidt, 1938. (English translation by Samuel Putnam.The Masters and the Slaves. New York: A. A. Knopf, 1946.)Google Scholar
  9. Idem..Sobrados e mucambos; decadência do patriarchado rural no Brasil. São Paulo: Companhia editora nacional, 1936. (English translation by Harriet de Onis.The Mansions and the Shanties. New York: A. A. Knopf, 1963.)Google Scholar
  10. Hamilton, Russel G. “Afro-Brazilian Cults in the Novels of Jorge Amado.”Hispania, Vol. L, No. 2 (May, 1967), 242–252.CrossRefGoogle Scholar
  11. Harris, Marvin.Patterns of Race in the Americas. New York: Walker, 1964.Google Scholar
  12. Ianni, Octavio.Raças e Classes Sociais No Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1966.Google Scholar
  13. Landes, Ruth.City of Women. New York: Macmillan, 1947.Google Scholar
  14. Nina Rodrigues, Raymundo.os Africanos no Brasil. 2nd ed. São Paulo: Companhia editora macional, 1935.Google Scholar
  15. Nunes, Maria Luisa. “The preservation of African Culture in Brazilian Literature: The Novels of Jorge Amado”,Luso-Brazilian Review, Vol. X, No. 1 (Summer, 1973), 86–100.Google Scholar
  16. Pierson, Donald.Negroes in Brazil. Chicago: University of Chicago Press, 1942.Google Scholar
  17. Pinto, Luis da Costa.O Negro no Rio de Janeiro. São Paulo: Brasiliana, 1953.Google Scholar
  18. Rabassa, Gregory.O Negro na Ficção Brasileira. Translated by Ana Maria Martins. Rio de Janeiro: Edições Tempo Brasileiro, 1965.Google Scholar
  19. Ramos, Arthur.O Folklore Negro do Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1935.Google Scholar
  20. Idem..The Negro in Brazil. Translated by Richard Pattee. Washington: Associated Publishers, 1939.Google Scholar
  21. Ribeiro, Rene.Cultos Afro-Brasileiros do Recife. Recife: “Boletim do Instituto Joaquim Nabuco de Pesquisa Social, número especial”, 1952.Google Scholar
  22. Sayers, Raymond.The Negro in Brazilian Literature. New York: The Hispanic Institute, 1956.Google Scholar
  23. Wagley, Charles.An Introduction to Brazil. New York: Columbia University Press, 1963.Google Scholar
  24. Idem.. ed.Race and Class in Rural Brazil. Prais: UNESCO, 1952.Google Scholar
  25. Verger, Pierre.Dieux D'Afrique; Culte des Orishas et Vodouns à l'ancienne Côte des Esclaves en Afrique et à Bahia, la Baie de tous les saints au Brésil. Paris: P. Hartmann, 1954.Google Scholar
  26. Idem. Verger, Pierre “Yoruba Influences in Brazil”,Odu, Journal of Yoruba Studies, No. 1, (January 1955).Google Scholar

Copyright information

© Akadémiai Kiadó 1976

Authors and Affiliations

  • Maria Luisa Nunes

There are no affiliations available

Personalised recommendations